Mês: outubro 2014

NA DIETA FORA DE CASA – Oficina Garní

Este restaurante é querido em 2 aspectos: primeiro porque é self-service, ou seja, dá pra ir na hora da pressa e comer o quanto sua dieta permitir; e segundo, pela comida, claro! É tudo visivelmente feito com capricho, sabe? O chef sempre aparece pra conferir os pratos, responder as dúvidas dos clientes, e repor o que estiver faltando. Mas a área das saladas é, com certeza, a melhor parte. Tem uma variedade muito boa de vegetais cozidos, molhinhos sem gordice, receitinhas com beringela, abobrinha, e uma mini omelete saudável (às vezes de ricota e espinafre, às vezes só de verdura).. Tudo com um tempero incível! Você completa com a proteína que quiser e pronto, tá feliz e de consciência tranquila!

Gostou né? Tem mais: o preço é bem em conta e o lugar, agradável. E eu devia ganhar comissão por essa propaganda toda. Hahahaha

O nome do restaurante é Oficina Garní e fica na R. João Câncio da Silva, em Manaíra.

Photo 23-10-14 10 04 31É tão bom que a gente exagera!

Meu beijo e #vamofingirqueeunãoalmoceigordiceontem !

Curto Circuito Tarso Matos

Quem me acompanha no instagram (@amandadutras), viu que no sábado 11/out eu participei de um circuito bem diferente. Era o primeiro Curto Circuito da Assessoria Tarso Matos na praia!

Photo 21-10-14 18 11 18

Consistia numa competição, com 6 exercícios feitos separadamente: cada participante fazia o exercício e esperava enquanto os demais faziam. No fim de cada etapa, o tempo era registrado e depois de todos completarem o circuito, era feita e soma e vencia quem tivesse obtido o menor tempo total.

Mulheres e homens competiam separadamente, com pesos equivalentes (graças a Deus!).

Mas o legal mesmo foi o movimento. Começamos a prova embaixo de chuva, no friozinho das 6:30h da manhã, e mesmo assim com a maior animação! O som tocando e a torcida na calçadinha eram um gás à parte.

Photo 16-10-14 11 21 00

Não tivemos chance de fotografar todos os exercícios e a maioria das fotos que peguei foram em tamanho reduzido, mas vou descrevé-los aqui:

1. Saltos com obstáculos. Eram 25 saltos sobre canos, de frente, com as pernas juntas.

2. Corda com peso. Dentro de uma área delimitada por 2 cones, tínhamos que pegar na ponta de corda, correr até o outro extremo e, chegando lá, puxá-la com o que estava na sua ponta. Isso 4 vezes.

3. Arremesso. Outra área (bem menor) era delimitada por 2 cones e tínhamos que jogar um peso à partir de um limite até o outro, correr até ele, pegá-lo e jogá-lo de volta. 18 vezes.

4. Marreta. Eram 30 marretadas no pneu, mas só contavam aquelas feitas de acordo com as instruções, com a marreta partindo de trás da cabeça.

5. Pneu. Levantar e empurrar o pneu para frente, com foco no agachamento. Salvo engano, 8 vezes.

6. Corrida. Era um percurso de mais ou menos 600m, na areia fofa.

Photo 21-10-14 18 50 18

No fim das contas, fiquei com a 3ª posição, atrás da 2ª por um mísero segundo 😦 kkk E ganhei uma super avaliação física da De Leve (assim que fizer, falo dela por aqui!) + um shortinho de corrida lindo da Sport Life! O 1º e o 2º lugar ficaram com Raíssa e Mayara, respectivamente, que dão um show de disposição.

cc

Valeu demais ter madrugado em pleno sábado pra se divertir com essa galera!

Meu beijo e vamo treinar!

Lançamento da coleção Xamêgo no Hawaii

Essa quarta-feira teve um gostinho todo especial: foi o coquetel de lançamento do novo catálogo Xamêgo Gold Beach, uma coleção nova, colorida, com a cara do lugar onde as fotos foram tiradas, o Hawaii!

Eu tive o enoorme prazer de fazer parte desse projeto, sendo fotografada pelas lentes talentosíssimas de Fernando Bronzeado em plenas praias havaianas. O sufoco dos 3 dias corridos tirando foto no calor, no frio, no vento e embaixo d’água foi grande, até porque nunca tinha tido uma experiência como modelo antes, mas o resultado valeu MUITO a pena! Vou publicando as fotos aos poucos no instagram (@amandadutras, segue lá!) e depois faço um post só delas aqui.

Por enquanto, vou fugir um pouco do tema do blog e fazer a colunista de fofoca compartilhando algumas fotos do evento.mami3 mami4

Photo 16-10-14 19 00 14

A modelo Bruna; Mônica, proprietária da Xamêgo; Fernando, fotógrafo; e Andrea, modelo.

Photo 15-10-14 22 34 29

Agora já com o catálogo em mãos!

Photo 16-10-14 18 53 32

Meus pais, sempre comigo!

"Agora tenho descanso de 2 meses sem tirar foto dela!" Namorado iludido..

“Agora tenho descanso de 2 meses sem tirar foto dela!” Namorado iludido..

Com a cunhada e a sogrinha amadas

Com a cunhada e sogrinha!

Photo 15-10-14 19 17 01

Minha mami poderosa!

Photo 16-10-14 11 20 14

Monicce, linda!

Photo 15-10-14 22 16 29 Photo 16-10-14 11 22 33

Photo 16-10-14 11 22 49

A Xamêgo está realmente de parabéns pela coleção e pela festa, foi tudo perfeito! Sem falar nas fotos, um verdadeiro show de talento de Fernando Bronzeado. E só pra registrar, não fugindo do bom e velho clichê: OBRIGADA! Aos meus pais que me deram essa viagem surreal (amo vocês!), ao meu namorado, que me apoiou desde sempre, e sua família que é minha também, por toda força que me deram. E, acho que posso dizer, acima de tudo, ao meu irmão e à minha cunhada que não estavam na festa, mas estiveram ajudando em cada detalhe dessas fotos e foram essenciais para mim e para o resultado do trabalho! Vocês foram demais! 😀

Agora é só ficar de olho no insta, que eu vou viver postando essas fotos por lá! Hahaha

O bom e velho selfie!

Selfando pra fechar!

Beijo beijo beijo!

Receitinha: Queijo Cottage

Incrivelmente fácil de fazer, esse queijo é o melhor cottage que já experimentei, fica surpreendentemente saboroso e saudável. Mais uma vez, é um jeitinho bem válido para fugir dos conservantes, acidulantes, etc..

Você só vai precisar de:

  • 1L de leite integral
  • Vinagre ou suco de limão puro
  • Temperos à gosto

Photo 30-09-14 16 07 01

Coloque o leite no fogo e, assim que começar a ferver, desligue. Vá acrescentando um pouco de vinagre até o leite começar a coalhar (dá mais ou menos umas 5 ou 6 colheres de sopa, dependendo da marca do vinagre) e mexa. Quanto mais tempo passar mexendo, mais cremoso o queijo fica. Salpique sal e despeje em uma peneira. Deixe o soro secar. Quando estiver seco, coloque em um potinho e misture com os temperos que preferir – usei orégano e pimenta do reino. Pronto! É só guardar na geladeira e comer quando quiser.

Photo 30-09-14 16 13 42

A má notícia é que não rende muito, mas considerando que a validade do queijo caseiro é bem mais curta que a de um industrializado (por volta de 3 dias), não é tão ruim assim. 🙂

Photo 30-09-14 16 37 29

Agora é só de deliciar naquela boa torradinha integral com peito e peru e o seu queijinho novo. Bom demais!

Bejio!

Trilha sonora na corrida

Photo 03-09-14 07 52 24

Você está correndo há quilômetros, cansado, com calor, desejando enlouquecidamente parar no passo seguinte. De repente, aquela música começa a tocar e, como mágica, você se sente disposto a correr uma maratona inteira! Já viveu essa cena?

Algumas pessoas se desconcentram com os fones de ouvido, outras fazem o percuso inteiro conversando para passar o tempo, e muita gente é praticamente ligada à energia da música. #tipoeu Mas, como tudo na vida, há quem defenda e quem condene o uso dos fones.

Alguns treinadores questionam a percepção do corredor quanto a sua respiração, já que não dá pra ouvir a inspiração e expiração, tornando difícil manter o controle sobre elas. Outros alertam a respeito dos corredores de rua: atenção no trânsito! É verdade que quanto mais alta a música, melhor a sensação, mas também fica mais impossível ouvir o tráfego ao seu redor. Então, se for correr na rua, diminua o volume, a saúde dos seus ouvidos e sua integridade física agradecem.

No lado dos defensores, porém, também não faltam argumentos. Em um estudo realizado em 2009 e publicado no Journal of Sport & Exercice Psycology, o pesquisador e treinador Costas Karageorghis demonstrou que a música certa pode fazer você “correr mais e melhor — o tempo passa mais rápido, você ganha ritmo, diminui sua percepção de cansaço e melhora o humor.”

Entre prós e contras, eis que o mesmo pesquisador estabeleceu uma relação entre os batimentos cardíacos e os batimentos da música, chegando a um cálculo que indica os valores mínimo e máximo de BPM (Batidas Por Minuto) que um som deve ter para “fazer efeito” sobre a nossa corrida: até 120bpm, nenhuma música vai fazer você acelerar o passo e, depois dos 150bpm, a performance se estabiliza.

Pensando nisso tudo e no quanto eu vivo procurando musiquinhas novas pra correr, resolvi compartilhar parte da minha playlist por aqui. 15 músicas com o BPM de cada uma pra ajudar a se basear melhor.

  • Afrojack feat. Shermanology – Can’t Stop Me    129.99bpm
  • Avicii – Wake Me Up    124.35bpm
  • Bob Sinclar feat. Pitbull, Dragonfly & Fatman Scoop – Rock The Boat    129,00bpm
  • Calvin Harris – Summer     127.99bpm
  • Calvin Harris feat. Ellie Goulding – I Need You Love    125.01bpm
  • Carly Rae Jepsen – Tonight I’m Getting Over You    125.89bpm
  • Foo Fighteres – Best Of You     130.96bpm
  • Icona Pop – I Love It    126.01bpm
  • One Republic – Couting Stars   121.97bpm
  • The Strokes – Reptilia    157.96bpm
  • Pitbull feat. Kesha – Timber    130.01bpm
  • John Newman – Love Me Again    126.41bpm
  • Pitbull feat. Christina Aguilera – Feel This Moment    136.07bpm
  • Avicii feat. Nicky Romero – I Could Be The One    128.00bpm
  • David Guetta feat. Snoop Dog – Sweat    130.00bpm

E se quiser saber o BPM das suas músicas também, outra dica: dá pra baixar grátis o MixMeister BPM Analyzer no computador (só encontrei versão pra Windows).

E aí é só apertar o play e sair correndo – com atenção!

Beijo e boa corrida!

Na dieta fora de casa – Levíssimo

Esse restaurante é paixão antiga, amor à primeira vista, meu queridinho da cidade inteira: Levíssimo. Quem nunca ficou impressionado como eles conseguem deixar um prato de salada mais gostoso que muita lasanha por aí? #euacho! Isso não é propaganda do lugar (até porque não ganho nenhum tomatinho cereja falando deles por aqui 😦 ), é propaganda da comida saudável! Podem dizer que o excesso de molho tira a “leveza” da salada, mas a verdade é que continua sendo salada, e continua sendo melhor que aquele hambúguer de domingo.

Pra quem ainda não conhece, fica na rua da quadra de Manaíra, indo pela Edson Ramalho, dobrando à esquerda no empresarial de esquina em frente à Perfil.

Tá aí a dica: salada grande de frango por mais ou menos R$34,00. Serve de 2 a 3 pessoas (depois que diminuíram de tamanho, eu diria só 2 mesmo) e tem a opção individual, mais barata. Outras combinações, inclusive só de verduras+frutas ou até de crepe, são oferecidas, mas nunca testei nada além das 2 saladas de frango e 1 de camarão, todas recomendadíssimas.

Photo 01-10-14 18 12 56Meu beijo e boa dieta!