Mês: dezembro 2014

Comidinhas de verão

Se você também vive na dúvida sobre a melhor opção (ou a “menos ruim”) de comida quando está na praia ou no barzinho, as dicas da De Leve vão te ajudar a “Curtir o Verão com Saúde”.

Recebi por email um arquivo cheinho de dicas super legais para nos mantermos saudáveis e em forma nas férias de verão e não podia deixar de compartilhar aqui as sugestões de “comes e bebes” nos ambientes que a gente mais sofre para achar algo light. Aproveitei e acrescentei dicas próprias, que uso no dia-a-dia. Espero que seja últil!

DCIM106GOPRO

Eu e meu amor pelas frutas!

O QUE COMER NA PRAIA?

  • Picolé – prefira os de frutas e fuja daqueles mega coloridos, cheios de corante.
  • Frutas – dá pra levar facinho na bolsa ou até em pedacinhos num pote – dentro de uma bolsa térmica fica o ouro!
  • Coco verde – isotônito natural, ele ajuda a repor a água e os sais minerais perdidos na transpiração, ou seja, super ajuda no calorzão né?
  • Amendoim e Castanhas – prefira aquelas livres de sal, sempre que puder.
  • Várias opções de lanches que o mercado oferece – existem saquinhos de banana ou maçã assada, barrinha de cereais.. A regra máxima é: confira os componentes em vez do valor calórico.
  • Sanduíches frios de atum – se puder fazer em casa, opte pelo pão integral e faça o patê de atum à base de yogurt natural, no lugar do creme de leite.

O QUE COMER NO BAR?

  • Churrasco (espetinhos) de frango, peixe, camarão.
  • Feijão verde, macaxeira cozida e carne de sol
  • Peixe cozido com Legumes.
  • Caranguejo água e sal.

O QUE BEBER?

  • Água de coco
  • Suco de laranja sem açúcar
  • Bebida alcoólica – Melhor opção: caipirosca: Vodka + Frutas + Açúcar Fit.

Depois que levei o primeiro potinho de frutas à praia, não parei mais! Dá uma saciada boa e segura sua fome para não chegar no almoço devorando tudo que vê pela frente. Na sacolinha térmica, levo chá gelado, água mineral e as frutas cortadinhas (geralmente maçã e pêra). Tem dado muito certo e acaba que sempre tem alguém dando beliscada junto comigo. Kkk

Photo 18-12-14 10 16 52

Resumindo, não tem desculpa! 🙂 Cuidar da saúde deve ser o foco principal, onde e quando for. Se você vê as férias, a praia, as festas de fim de ano como motivos de alegria, dê alegria pro seu corpo também.

Beijo e simbora pra praia!

Vá de bike: Estação Ciência

Fazia um bom tempo que eu e o meu namorado combinávamos de pedalar até a Estação Cabo Branco para ver o sol se por, mas toda vez a cor do céu ia ficando tão linda a cada minuto, que era irresistível parar para tirar umas fotinhas! Acabava que escurecia ainda no meio do caminho e voltámos pra casa sem o destino final…

Mas dessa vez, não. Nos restringimos a apenas acompanhar o espetáculo de cores ao nosso lado e seguimos em frente até o show final, o mirante da Estação Ciência. Eu já tinha ido fazer aula de yoga algumas vezes no lugar, mas nunca tinha subido para olhar a vista lá de cima e, tenho que admitir, foi um erro enorme! Nossa, como é lindo!

DCIM105GOPRO

O pedal até lá é uma delícia e, se você sair cedinho, dá sim para ir curtindo e parando na calçadinha algumas vezes, afinal a maior beleza dessa cidade são mesmo as nossas praias! ❤ Saindo do Mag Shopping (onde, infelizmente, ainda não há ciclovia), dá um total de 8km até a Estação. Pedalar em Manaíra é meio chato, o trânsito é intenso e não há muita educação nas ruas. Mas, já pertinho do Hotel Tambaú, começa a ciclovia que vai paralela à calçada e depois por entre as árvores na areia – minha parte favorita! – e aí é só alegria!

Na subida da ladeira do Cabo Branco, a alegria perde um pouco as forças né? Kkk Mas passa rapidinho, vale a pena. Mantenha-se na ciclovia do asfalto e entre na Estação pela passagem de carros – o acesso de bike dentro da área não é permitido. Há um suporte para deixar as bicicletas logo no comecinho e, graças a Deus, os guardas ficam bem perto. Depois, vá passear! Sempre há exposições interessantíssimas por lá e, quando fomos, fiquei particularmente encantada com as fotografias da ÁFRICA, por Cássio Nogueira. Muito muito muito amor por essa forma de retratar a vida, saí de lá tão cheia de paz que quase não tinha pique pra voltar pedalando! Mas a volta é super easy. Aproveite para tomar uma água de coco na praia. 😉

DCIM105GOPRO

Photo 12-12-14 15 21 14

Não vi nem fui informada sobre nenhuma proibição de tirar fotos aí dentro, então se alguém souber a respeito, me fala! 🙂

Photo 12-12-14 15 21 05

DCIM106GOPRO

Olha a árvore de Natal!

Nos finais de semana, o fluxo de pessoa é bem maior, portanto deixo aqui o meu apelo: Gente, do mesmo jeito que rua é lugar de carro e a gente não pode sair atravessando feito louco, ciclovia é lugar de ciclista, abrangendo skatistas, patinadores.. E isso já é bastante gente num espaço bem pequeno, então se você quer correr ou caminhar, vá para calçada, que é lugar de pedestre. 🙂 Eu sei que correr à noite na calçadinha é complicado, eu já tentei e desisti de tão difícil que foi manter o ritmo. Então, é até aceitável que se tome emprestado um espacinho da ciclovia para isso, no entanto tenha consciência de que aquele espaço não é só seu e pode atrapalhar SIM os demais, ou seja, é preciso bom senso. Mas caminhar.. é desnecessário. #cadênoção?

Tirando esses mini perrengues que a gente passa no caminho e faz parte da “aventura”, o passeio é uma delícia! Experimente, tente deixar o carro em casa dessa vez, use sua própria energia como combustível e vá de bike. 😉

Meu beijo!

A Festa do Esporte

A gente sabe o quanto é difícil se viver de esporte no nosso país, ainda que tenhamos tantos talentos circulando por aqui. Mesmo assim, eles conseguiram. Com o foco e a determinação que a maioria de nós nunca conheceu, eles chegaram lá. E ontem, no Rio de Janeiro, alguns deles tiveram seu esforço reconhecido e premiado, no Prêmio Brasil Olímpico, que acontece todo ano para homenagear os melhores atletas do Brasil nas modalidades olímpicas e paraolímpicas.

pbo

Os apresentadores Fenanda Gentil e Otaviano Costa. Foto: http://globoesporte.globo.com/

Gustavo Kuerten, Daiane dos Santos, Hortência Marcari, César Cielo.. São alguns dos nomes que a gente se orgulha de pronunciar e já passaram por esse palco. Nesta última terça-feira 16, foi a vez de 3 novos nomes tomarem a cena: a dupla Martine Grael e Kahena Kunze e o ginasta Arthur Zanetti, que foram eleitos atletas do ano por um júri especializado, organizado pelo Comitê Olímpico Brasileiro.

pbo2

Os atletas do ano. Foto: http://globoesporte.globo.com/

E ainda, eleita pelo voto popular como “Atleta da Torcida”, a promessa (e fofa!) Flávia Saraiva, 15 anos, recebeu o prêmio das mãos da ex-ginasta Lais Souza, também bastante homenageada no evento, após quase 1 ano se recuperando do acidente.

pbo3

Laís Souza e Flávia Saraiva. Foto: http://globoesporte.globo.com/

Não menos importante, o Troféu Adhemar Ferreira da Silva, que pretigia os atletas incentivadores dos bons valores no esporte, ficou nas mãos de Vanderlei Cordeiro de Lima. Um acontecimento bem peculiar o levou a esse prêmio: ele liderava a Maratona dos Jogos de Atenas de 2004 quando, de repente, foi atacado por um fanático religioso irlandês no meio da prova. Só conseguiu voltar à prova com a ajuda de outros espectadores da corrida. Se atrasou, mas seguiu correndo e chegou em terceiro lugar, ainda com muita comemoração. Na época, foi aplaudido de pé no estádio e premiado pelo Comitê Olímpico Internacional com a medalha Pierre de Coubertin pelo espírito olímpico e postura esportiva. Alguém se lembra do episódio? Comoveu muita gente, orgulhou a todos nós.

pbo4pbo5

Outros esportistas foram campeões em suas modalidades, veja a lista divulgada pelo http://www.esporte.uol.com.br:

Sem Título-2

Todos eles lutaram muito para alcançar cada vitória, lutaram contra os próprios limites físicos, contra os empecilhos burocráticos, contra as críticas e, principalmente, contra aquela vozinha interior que todos nós já ouvimos dizer: ‘mas será que eu consigo mesmo?’. Porque o esporte, seja ele qual for, faz nascer um lado guerreiro em todo ser humano, e nos prova algo de valia inestimável: todos somos capazes!

Por isso, PARABÉNS àqueles que se dedicam ao esporte brasileiro, que levantam nossa bandeira depois de uma competição suada e sofrida, e se mantêm de cabeça erguida e sorriso no rosto qualquer que seja o resultado, vocês são HERÓIS.

Beijo especial, cheio de alegria!

Receitinha: Crepioca

Eu acho que todo mundo já se arriscou na crepioca, né? Uns se apaixonaram, outros voltaram somente à boa e velha tapioca. Eu gosto de variar. E mais ainda, no recheio! Então, lá vai uma sugestãozinha que faz uma diferença deliciosa: acrescente brócolis!

Ingredientes:

  • 1 ovo
  • 2 cs de goma de tapioca
  • 1 “cachinho” de brócolis
  • 1 fatia de peito de peru
  • 1/2 cs de creme de ricota

Primeiro, cozinhe o brócolis no vapor (já deixe bastante preparado na geladeira, para usar sempre) e corte-e em pedacinhos bem pequenos. Depois, misture o ovo com a goma e acrescente o brócolis. Despeje na frigideira antiaderente ou unte-a primeiro com óleo de coco. Vire quando a massa estiver sequinha e pronto! O peito de peru e a ricota eu uso como recheio, mas vale colocar na mistura da massa e levar pro fogo tudo junto. Taí, um dos meus cafés-da-manhã preferidos.

Photo 12-12-14 11 37 21

Beijo!