Mês: novembro 2015

Termogênicos Naturais

O mercado fitness está abarrotado de produtos termogênicos, muitos ditos “naturais”, que prometem emagrecimento fácil e rápido. A proposta é tentadora, principalmente numa sociedade assolada pelo fantasma da obesidade, mas a verdade é que os efeitos colaterais desses produtos muitas vezes se sobressaem a seus resultados, e estes, quando aparentes, são quase sempre temporários. Quanto aos tidos como naturais e, no entanto, vendidos em cápsulas, merecem ainda mais questionamento. O próprio conceito de natural não inclui cápsulas, latas ou potes de plástico, certo? Então, caso esteja procurando um produto do tipo, consulte primeiro um nutricionista, ele irá esclarecer suas dúvidas e ainda indicar o caminho mais saudável para o seu emagrecimento, receitando apenas o que lhe for necessário.

Para fugir de quaisquer riscos, procure os alimentos com ação termogênica. Eles possuem substâncias que aumentam a temperatura corporal, fazendo com que o organismo trabalhe além do normal para digeri-los. E, para este processo de digestão, usa-se a própria gordura como uma das fontes de energia, ajudando no emagrecimento. São alimentos que fazem a diferença quando associados a um estilo de vida saudável.

barriga

1. Canela – Possui alto teor de cálcio mineral, substância que auxilia no processo de emagrecimento, e também aumenta o metabolismo basal. Ela ainda diminui o apetite, pelo alto teor de fibras e reduz o acúmulo de gordura devido à melhora na sensibilidade dos tecidos à insulina e no controle glicêmico. O indicado é usá-la em cima de frutas ou misturada em líquidos.

vinagre2. Vinagre de Maçã – Possui boas quantidades de ácido acético, que inibe a ação de várias enzimas que digerem os carboidratos, ou seja, age como bloqueador natural da absorção de amidos e açúcar, fazendo com que os carboidratos passam direto através do trato digestivo. O ácido acético ainda irá melhorar a eficiência dos músculos e a recuperação após os treinos. O vinagre de maçã também possui boas quantidades de antioxidantes, melhora a imunidade e ajuda a reduzir os efeitos da histamina, uma substância que causa os sintomas de inflamação e alergia. Seus traços de fibras pectina proporcionam saciedade, absorção de gorduras e melhora no trânsito intestinal. Um estudo da Universidade do Arizona e publicado na revista Diabetes Care observou que após ingerirem duas colheres de sopa de vinagre de maçã diluídos em água antes do almoço e do jantar, os participantes perderam em média dois quilos em um mês. É importante comprar um vinagre de maçã orgânico, não pasteurizado e não filtrado. 

3. Pimenta Vermelha – pimentaRica em capsaicina, substância que favorece o aumento da quebra de gorduras no tecido adiposo. Ela aumenta em até 20% a atividade metabólica se ingerida na quantidade de três gramas por dia, podendo ser adicionada em saladas e pratos quentes como tempero.

4. Chá verde/branco – As catequinas presentes na planta Camellia Sinnesis aumentam o gasto energético e ajudam o corpo a queimar mais calorias, como já foi dito num post só sobre chás aqui.

5. Gengibre – gengibreSegundo estudos, pode acelerar o metabolismo em até 10%. Os gingeróis (extrato do gengibre) presentes nele são os responsáveis por sua ação termogênica. Auxilia na digestão  de alimentos gordurosos e diminui o apetite. Não é à toa que uma das substâncias presentes na raiz do gengibre é usada na fabricação de medicamentos laxantes, antigases e antiácidos. Ele pode ser ingerido em chás, saladas, cru ou misturado nos alimentos.

6. Ômega 3 – Encontrada em peixes como salmão, sardinha e atum, essa substância, além de aumentar o metabolismo basal, faz com que o organismo não retenha tanto líquido.

7. Fibras naturais – chiaProporcionam uma sensação de saciedade por mais tempo e agem no metabolismo. Além disso, melhoram a o funcionamento da flora intestinal. A chia e a linhaça, por exemplo, podem ser misturadas a frutas, saladas e ainda baixam o Índice Glicêmico da tapioca.

Investir em uma alimentação saudável é sempre a melhor opção!