8 Dicas para você começar a fazer yoga em casa

em

Nos últimos meses, o yoga tem tido uma procura fora do normal. Seja para movimentar o corpo dentro de casa, seja para aliviar a ansiedade de um isolamento social, ou mesmo para quebrar o tédio da rotina, o fato é que a prática de ásanas tem sido amplamente aceita e difundida nesses tempos de Corona Vírus.

E não é para menos. A imensa quantidade de benefícios que o yoga oferece, somada ao fácil acesso e baixíssimo – ou nenhum – custo, é um escape perfeito, se não a solução, para quem está sofrendo os efeitos dessa crise.

Por isso, SIM, aproveite! Usufrua mesmo das aulas gratuitas oferecidas na internet, experimente diferentes abordagens, escute diferentes professores, teste todos os cômodos da casa, mas… não se esqueça que toda atividade física – seja combinada com o lado mental/espiritual ou não – requer certos cuidados, e observá-los é essencial para sua saúde como um todo.

fig3

Então aí vão algumas dicas para você que está começando ou quer começar a fazer yoga em casa, por conta própria, assistindo vídeo-aulas na internet.

  1. Verifique se a aula é para iniciantes. Muitas vezes ela parece fácil no início, mas vai ficando pesada com o tempo e você sente como se o problema estivesse no seu condicionamento, ficando frustrado ou forçando seus limites. Evite esse contratempo buscando vídeos ou professores que focam em iniciantes.
  2. Consulte seu médico e informe o professor de yoga sobre alguma condição médica importante. Em certos casos, o mais recomendado é que opte por aulas ao vivo com orientação individual de um profissional.
  3. Livre-se das expectativas. Uma aula de yoga não vai transformar sua vida e curar todas as suas enfermidades como um passe de mágica. Como tudo na vida, é preciso disciplina para se ter resultados. Usufrua do bem-estar incontestável que irá sentir a cada prática, mas mantenha-se constante e desapegado. Os demais frutos virão no tempo certo.
  4. Respeite os seus limites. Não importa se o professor está tocando a testa no chão e se aquilo te parece irresistivelmente atrativo, tente deixar o ego de lado e respeite seu próprio tempo. Você não vai ser mais nem menos yogi através da perfeição estética de uma pose. Mas pode precisar parar totalmente sua evolução se forçar além da conta e acabar se lesionando.
  5. Observe sua respiração durante TODA a prática. Mantenha a boca fechada para o ar circular pelas narinas, mas não pressione a mandíbula, deixe os lábios suavemente unidos. Inspire sempre lentamente e o máximo que puder, e expire pelo mesmo tempo ou mais, até tirar todo o ar dos pulmões. Se por acaso começar a ficar ofegante, diminua o ritmo, descanse. Nenhum ásana será eficiente se não estiver em harmonia com a sua respiração.
  6. Estabeleça um horário na sua rotina para praticar. Eu sei que às vezes aparece uma vídeo-aula do nada e dá vontade de praticar – tudo bem, se joga! -, mas não espere isso acontecer para incluir o yoga no seu dia. Minha dica pessoal é: pratique pela manhã, vai te dar muito mais energia para as demais atividades!
  7.  Adquira um mat (tapete) de yoga. Tem para todos os gostos e bolsos, e a maioria das lojas está entregando em casa. Consulte alguém um pouco mais experiente sobre especificidades e pesquise. Não precisa investir muito e você vai ter uma motivação a mais para praticar (estender o tapetinho é sempre um grande estímulo por si só).
  8. Última e não menos  – talvez a mais – importante dica: inicie sua prática ANTES de dar o play no vídeo. Isso mesmo. Sente-se no chão, feche os olhos, respire um pouco. Ancore sua mente no presente, diga a si mesma o quanto merece aqueles próximos X minutos de auto-cuidado e que todo o resto é capaz de esperar. Então, traga uma intenção sincera para o seu coração e se entregue, deixe para julgar a qualidade do vídeo, a didática, etc., depois.

Ah e, qualquer dúvida, pergunte! Interaja mesmo, diga suas dificuldades, peça ajuda no que for preciso. É bem melhor que você faça mil perguntas sobre uma postura do que a execute de qualquer forma e acabe se machucando.

Yoga é união, independentemente da experiência ou do nível de cada um, estamos todos juntos nessa jornada.

No mais, desfrute! Alguns minutinhos de yoga já são mesmo um respiro nesses tempos difíceis.

Namaste. 🌺

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s